terça-feira, 13 de outubro de 2015

QUANDO SINTO A ALMA A PLANAR


QUANDO SINTO A ALMA A PLANAR

Quando sinto a alma a planar
E, o coração a pulsar de desejo
Encontro o amor no teu olhar
Encontro o amor no teu beijo


Encontro o amor no teu sorriso
Encontro o amor na tua paixão
Que me faz perder siso 
E, sentir esta linda sensação

Encontro o amor sempre que aliso
Com as minhas mãos os teus cabelos
Encontro o amor quando preciso

Ficar a olha los, achando os belos
Encontro o amor puro, e conciso 
Se sonho contigo, e construo castelos

Luís Filipe D. Figueiredo

Um comentário: