terça-feira, 27 de outubro de 2015

SOFRER DE AMOR





SOFRER DE AMOR

Vós que sofreis de amor: do amor sabei,
Que por amor se vive por matar;
E quanto mais que sofre, bendizei
A glória de sofrer de tanto amar.


À sombra farta desse amor: gemei,
Chorai de amor por mais não aguentar;
Que quanto mais se pode mais podeis,
Fartar-se desse amor até não dar.

Do quanto se não pode por amor,
Amai além, muito mais, por merecê-lo,
Que padecê-lo é curar-se em sua dor,

E sofrê-lo é cuidá-lo por desvelo,
Que tudo quanto deve em seu favor,
Morre-se dele pra poder vivê-lo!

João Urague Filho

Nenhum comentário:

Postar um comentário