quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Meu Dilema



Meu dilema...

Meu tema...
Devorar-te ou não Poema?
Eis minha questão!
Comer você... Como uma fatia de pão
Escrever-te ao toque d'minha mão
Beber-te como um doce licor
Saciar minha sede de amor
Saborear-te na ponta da língua
Fazer-te lua crescente desta que míngua
Não tem dilema...Nem problemas 
Na minha língua arde poema
Na minha arte impera paixão
Nu meu corpo transpira tesão
E o coração pulsa puro amor...
Son Dos Poemas 
SÓ Poesie

Nenhum comentário:

Postar um comentário