domingo, 11 de outubro de 2015

BRINCAR

Brincar...

Brincar é condição para ser sério disse o mestre Arquimedes, crianças brincam de sonhos construindo o futuro, semeando no vento as doidices de sempre aprontar, desafia as regras que ceifa a arte está no brincar.
Roda, dança, corre e grita, esconde o rosto pra tudo sonhar, liberdade que toma as ruas enche os parques de todos sonhar, o mestre dos sonhos faz a esperança sempre espalhar, quem pode ficar nesta festa que irradia o amor de crianças a ousar, pudesse ser sempre criança e ser sério em brincar.
A alma que sorri transforma a ânsia te traz a criança que quer libertar, dançar na chuva do tempo sem limites voa e não pode voltar, eclode toda sua esperança o amor é criança vem pra roda rodar, brinquedos de amarelinha sua vez ou a minha vão pro céu e ganhar, quem pula com uma só perna e chega ao fim é quem vai ganhar.
Premie-se com renovação do espírito de um novo pensar, desatar os nós que te priva vem para o mundo correr.
Pense que a ampulheta da vida está semeando seu tempo de brincar e amar.
Existe o caminho para a glória, em subir nesta árvore e seus frutos colher, para tanto é preciso de gana, pois criança não se engana quando querem brincar.
Amor é princípio sem fim.


Hélio Ramos de Oliveira



Nenhum comentário:

Postar um comentário