quinta-feira, 29 de outubro de 2015

MELGA





MELGA

Através dos sentimentos salpiquei minha alma
Emoção de uma melga ousada e feliz
Não é bonita esteticamente 
Mas o meu desejo ardia ardentemente.


Nas batalhas pintei meu retrato 
Não foi o melhor retrato ardente
Vermelho carmim que se encaixam resplandecente 
Na ousadia que liga única no prazer.

Uma borboleta que aprecia teu olhar
De um delírio na brisa do seu arrepio
Cheiro das sensações em chamas
Absoluto de prazer em lábios quentes.

Ver as estrelas pintoras de emoções
Mentes se encaixam incendiando o coração
Em seu pleno quero te namorar
Fico exposta desavergonhadamente nos sonhos que te chamo.
Jey Lima Valadares**18:50**28-10- 2015**Itagibá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário